Livros > Resenhas

A distância entre nós

“A distância entre nós” nos leva a um mundo ainda pouco conhecido por alguns: a Índia. Há clareza e simplicidade no estilo de Umrigar, assim como a devoção ao detalhe. A cada descrição e sopro de diálogo podemos ver o mundo que ela descreve e através de cada mulher ebcontramos um olhar distinto. Apesar do peso dos temas: raça, classe, gênero, sexualidade e cultura, a autora não permite que o gosto maçante dos clichês invada sua narrativa.

A Índia é um lugar complexo onde riqueza e pobreza, somados a super população e mudanças políticas sempre traumáticas apresentam desafios especiais, mas Thrity Umrigar no meio de toda essa fauna humana criou duas simpáticas personagens maravilhosamente construídas que nos facilita  entender esse país tão complexo.Os

Escritores sabem que uma senda humana bem contada será lembrada por muito tempo. Não tenho dúvidas que esse livro será um deles. O ponto central desse livro é o espaço entre Bhima e Sera.

É uma história de duas solidões, a de Bhima, analfabeta, hindu de casta mais inferior, e seu empregador, Sera, uma pessoa educada, viúva aristocrática parsi. Elas compartilham anos de intimidade. Todas as manhãs, Bhima deixa seu casebre de barro na favela miserável onde vive  para cozinhar e limpar a casa de Sera.

Os parsis são discípulos de Zoroastro. Curiosamente, sempre foram empreendedores e mais cultos, tendo na cidade de Bombaim, quase todos bem sucedidos, com riqueza e influência comercial, no entanto, nunca propagandearam sua fé para o mundo. A história apresenta Dois personagens em lados opostos da pista se tornam inextricavelmente interligados. Unrigar retrata de uma maneira magistral o paradoxo de Sera (uma Parsi) em ajudar e fortalecer o vínculo com Bhima apesar do desconforto em ter que se arrastar vez ou outra para o mundo das favelas e dos pântanos mal cheirosos na sujeira dos pobres onde mora sua criada Bhima considerada menos que humanos pelos parsis. O texto recorre a metáforas e flashbacks que revelam backgrounds” dessas duas personagens.

Um dos muitos elos que unem esses dois personagens são as esperanças que ambas nutrem pelo futuro das gerações mais jovens. Ambas assistiram a “flor" de seus casamentos desaparecer.

Ler o livro “ A Distância entre nós” é um convite a  lembrar a outras histórias que lemos, por exemplo, “O Caçador de Pipas”, que ocorre no Afeganistão perto da Índia e também reúne pessoas de classes diferentes. Mas nenhum paralelo tira a beleza  e o grande realismo do livro de Umrigar. “A Distância entre nós” é um romance contado a partir da distância e da proximidade entre duas mulheres, dois personagens que foram criados para habitar em universos diferentes, mas se encontram através de suas humanidades e se vêem diante do desafio de superar e conviver com o fardo de tradições que separam e distanciam pessoas.

Um livro que aproxima a autora de seus leitores. Altamente recomendável.


Data: 08 agosto 2016 (Atualizado: 08 de agosto de 2016) | Tags: Drama


< A marca humana Um defeito de cor >
A distância entre nós
autor: Thrity Umrigar
editora: Nova Fronteira
tradutor: Paulo Andrade Lemos

compartilhe

     

você também pode gostar

Resenhas

Refrão da Fome

Resenhas

As correções

Vídeos

De verdade