Livros > Vídeos

Crime e castigo

 

 

Cuidado com o gritos de socorro, como os fantasmas que fazem parte do mundo de Raskonlnikov, personagem principal de "Crime e castigo", de Fiódor Dostoiésvki. Esse livro sempre mexe comigo em vários os aspectos. Não houve um dia em que meus pensamentos e meus sonhos, durante a leitura, que durou uma semana, não estivessem relacionados com os personagens em questão. Dostoiévski, além de ser um grande escritor, era um leitor prodigioso, sempre atento aos conceitos filosóficos do seu tempo.

A história é sobre o protagonista Raskonlnikov, um ex-aluno brilhante, que por razões econômicas não pode mais estudar e por razões de penúria luta para se manter na cidade de São Petersburgo. À medida que o seu desespero vai aumentando, surge uma ideia: matar a velha Alyona Ivanovna, que lhe aluga um quarto fétido e era uma agiota. E o ameaça colocá-lo para fora se ele não lhe pagar o que deve. Seus pertences mais valiosos foram colocados como pagamentos de suas dívidas. E agora não sobra mais nada. O que fazer?

A tradução de Paulo Bezerra é simplesmente maravilhosa. Diretamente do russo. E a introdução que ele faz do livro nos ajuda a mergulhar nessa história.

"Crime e castigo" é mais um livro entre os grandes que merecem um lugar de destaque na sua estante.


Data: 08 agosto 2016 (Atualizado: 08 de agosto de 2016) | Tags: Drama


< Submissão Uma praça em Antuérpia >
Crime e castigo
autor: Fiódor Dostoiésvki
editora: Editora 34
tradutor: Paulo Bezerra

compartilhe

     

você também pode gostar

Resenhas

As correções

Resenhas

Quarto

Resenhas

Matias na cidade