Arquivos do blog

A felicidade é fácil

a_felicidade_e_facil

Compre o livro "A felicidade é fácil", de Edney Silvestre.

 

 

 

 

 

De Edney Silvestre

Lendo o livro a “A Felicidade é Fácil” do autor Edney Silvestre consegui captar a grande contribuição à história do Brasil que esse livro nos traz. O livro tem algumas premissas literárias que considero fundamentais para uma boa história. Tem a precisão e a economia narrativa. Um livro do primeiro time da literatura brasileira contemporânea. Muitos poderiam perguntar. Por que só agora você indica esse livro? Afinal, ele já foi lançado há uns três anos. A resposta parece complicada, mas nem tanto. Vou repetir o que já disse em algumas ocasiões.

Todos os livros a princípio são lançamentos. Como é que é? Alguém poderá me perguntar. Sim! A indústria editorial lança por mês algo em torno de quase 250 títulos. Como alguém pode ler tudo isso? Se colocarmos em nossa lista de livros lidos, e isso posso dizer para todos vocês, os livros não lidos superam em muito os lidos. Podemos concluir que, a princípio, todos os livros que ainda não foram lidos para mim ainda são lançamentos, pois não os li.

Mas, deixemos isso de lado, pois gostaria de dar outra introdução a esse romance e as questões sub-reptícias que se encontram no bojo dessa história.
Leia a resenha completa

O arroz de Palma

Gostou? Compre o livro "Arroz de Palma".

 

 

 

 

De Francisco Azevedo | Editora Record

Pois bem, falemos sobre o livro “O arroz de Palma”, sobre as maravilhas e delícias contidas nessa história sobre laços de família, pessoas e muitas vidas.

Logo na página 11 encontramos essa pérola:

“Família é prato difícil de preparar. São muitos ingredientes. Reunir todos é um problema, principalmente no Natal e no Ano Novo. Pouco importa a qualidade da panela, fazer uma família exige coragem, devoção e paciência.”

Tive o imenso prazer de conhecer pessoalmente o escritor Francisco Azevedo. E ainda ganhei o livro autografado, o que para mim foi uma imensa honra. Como se não bastasse o autógrafo e a dedicatória, o livro é inesquecível. Foi um duplo prazer. “O arroz de Palma” será um daqueles livros que chegarão a vigésima ou trigésima edição. Um livro que será indicado de um amigo para outro e estará presente em muitas estantes. Um clássico.

Leia a resenha completa

A visita cruel do tempo

A visita Cruel Do Tempo - Jennifer Egan - Bons Livros para LerGostou? Compre o livro "A visita cruel do tempo".

 

 

 

 

 

De Jennifer Egan | Editora Intrínseca

“A visita cruel do tempo”, da autora Jennifer Egan, uma das presenças confirmadas na Flip – Festa Literária de Paraty deste ano, e detentora de um prêmio Pulitzer*, nos prova de forma muito clara porque esse romance mereceu esse prêmio tão sonhado por muitos. Um livro, a priori, difícil de resenhar, mas, indiscutivelmente, uma leitura saborosa sobre as inter relações humanas.

O romance é apresentado através de pequenas histórias, numa série de capítulos com personagens interligados em pontos diferentes de suas vidas. As vozes emitidas se combinam e emitem uma sinfonia polifônica em primeira, segunda e terceira pessoa. Os personagens do livro são empurrados pelas circunstâncias do tempo, por seus passados dolorosos e suas desilusões futuras. Uma história profundamente humana sobre os processos de crescimento e envelhecimento inseridos numa cultura corroída pela tecnologia e pelo marketing oportunista. Alguns personagens marginais são registrados em um determinado capítulo e se tornam o foco do próximo. Adolescentes punks, em 1970, tornam-se adultos desiludidos nos subúrbios de Nova York nos anos de 1990.

Leia a resenha completa

A Garota de Papel

A garota de papel - Guillaume Musso - Editora Verus - Bons livros para lerGostou? Compre o livro "A Garota de Papel".

 

 

 

 

De Guillaume Musso | Editora Verus

Como muitos devem saber, antes de um livro ser lançado e chegar às prateleiras com sua capa, contracapa, tradução, revisão, diagramação, editoração e prefácio, muito, muito já se fez. Muita gente já trabalhou para seu lançamento. Esse é o universo editorial, e é neste universo que editoras e livreiros vivem e respiram. Uma das etapas são as “bonecas” : o texto já finalizado e digitalizado, com a “possível capa”, que vai para as mãos de algumas pessoas. Foi assim que A Garota de Papel veio para minhas mãos. Já sabia que era um romance com happy end e que na França havia chegado à marca de mais de dez milhões de cópias vendidas. Bem, pensei “alguma coisa esse romance tem…” Então, na companhia de uma xícara de café, comecei a leitura de A Garota de Papel, do escritor Guillaume Musso.

O que me faz indicar esse livro é simples: trata-se de um livro bom, gostoso de ler. Não carrega nas tintas, não é pretensioso e a história é boa e prende. Que fique claro: indico aquilo que gosto, e confesso que esse livro tem um gosto especial.

Leia a resenha completa

Sinfonia em Branco

Sinfonia-em-branco-Adriana-Lisboa-Editora-Rocco-Bons-Livros-Para-LerGostou? Compre o livro "Sinfonia em Branco".

 

 

 

 

De Adriana Lisboa | Editora Rocco

“Sinfonia em branco”, de Adriana Lisboa, é um romance aclamado internacionalmente e vencedor do Prêmio José Saramago, em 2003. Confesso, e bato no peito, fazendo um mea culpa, que somente agora, semana passada para ser mais preciso, peguei essa obra e li. Simplesmente, adorei. E, como todas as obras que leio e gosto, sei que ainda lerei este livro novamente, em outro momento, pois há muito tempo que não lia algo tão bom. “Sinfonia em Branco” traz um refinamento e demonstra uma enorme intimidade com a arte de escrever. A história segue o roteiro de um trio: Tomás e as irmãs Clarice e Maria Inês – em torno do qual giram outros personagens, ora na pacata cidade de Jabuticabais, interior do estado do Rio de janeiro, ora nas cosmopolitas Veneza e Rio de janeiro.

Clarice e Maria Inês vivem em uma fazenda no interior do estado do Rio de janeiro, aparentemente tranquila, na década de sessenta e na década de setenta. É a história de uma família onde as verdades feias são mantidas escondidas, em segredo, não ditas, em paralelo com os anos da ditadura brasileira.

Leia a resenha completa